top of page

Cisto Pilonidal: O que é isso?

Atualizado: 20 de ago. de 2023

Cisto Pilonidal, Abscesso Pilonidal, Cisto Epidermoide: O que é essa doença?

Já sentiu o surgimento de um nódulo na região superior das nádegas? Teve uma saída de líquido malcheiroso na região do cóccix? Pois é, você pode estar com uma doença chamada Cisto Pilonidal.

Cisto Pilonidal
Cisto Pilonidal

O cisto pilonidal é uma doença da pele caracterizada pelo surgimento na região do cóccix de uma lesão geralmente recoberta por pele e orifício de onde sai secreção malcheirosa. A origem dessa secreção é um cisto dentro no subcutâneo cuja etiologia está relacionada à foliculite local e excesso de pelo na região afetada. Por isso é mais comum encontrar a doença nos pacientes do sexo masculino.


Pode haver crises de infecção e abscesso local, que ao longo do tempo levam a formação de um trato fistuloso(túnel) até a parte externa do corpo do paciente, fazendo com que, na pele, sejam eliminados parte do pus e dos elementos em seu interior. Esse quadro acaba causando transtorno diário para o paciente por sujar a roupa. Esses ciclos de infecção e resolução acabam causando necroses na pele, além da formação de fístulas e outros túneis em seu redor.

O que causa Cisto Pilonidal?


Cisto Pilonidal
Cisto Pilonidal

Vários fatores podem contribuir para a formação do cisto pilonidal. Estudos sugerem alterações hormonais que estimulam a formação de pelos na pele do paciente. Há teorias que falam que o cisto pilonidal foi formado por pelos presos nas roupas. Devido o atrito, umidade e calor local, esses pelos entram a pele do paciente e o organismo forma o cisto pilonidal. Pelos encravados também são considerados uma causa em muitos casos.


Portanto, o cisto pilonidal pode surgir mais de uma vez em um mesmo paciente caso não eliminar o fator de risco mais importante, que é pelo na região. Isso explica a orientação médica para realizar depilação a laser para a prevenção da recidiva.


Sinais e Sintomas do Cisto Pilonidal

  • Aparecimento de um nódulo a região do cóccix (parte interglútea superior)

  • Eliminação de um líquido malcheiroso na região

  • Crises de inchaço e inflamação do nódulo

  • Dor na região do nódulo

  • Abscesso local

  • Febre

Cisto Pilonidal
Cisto Pilonidal


Tratamento do Cisto Pilonidal


Existem várias técnicas cirúrgicas para o tratamento do cisto pilonidal. Até o momento, não há estudos comprovando a superioridade de uma técnica em relação a outra.

Em geral, o tratamento depende do estágio da doença e o impacto na vida diária do paciente. Em alguns casos, apenas drenar o cisto no consultório já é suficiente para o tratamento.


Em outros casos, é preciso realizar uma cirurgia para que o cisto seja removido por completo, com a opção de deixar a ferida cicatrizar naturalmente, com a troca diária de bandagens e gases para evitar infecções ou o fechamento da cicatriz com suturas.

Nos casos mais avançados, é necessário realizar um retalho cutâneo para o fechamento adequado após a remoção do cisto.


O uso de medicamentos, como antibióticos, resolve apenas as crises de inflamação e abscessos porém não cura da doença. Os antibióticos servem para tratar o quadro da infecção e preparar o paciente para o tratamento definitivo.


Ainda tem dúvidas sobre o Cisto Pilonidal? Marque já a sua consulta!



666 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page