top of page

Hérnia Inguinal: Causas, Sintomas, Tratamento

Atualizado: 20 de ago. de 2023


Hérnia Inguinal
Hérnia Inguinal

O que é a hérnia inguinal?


Uma hérnia inguinal ocorre quando o tecido, como parte do intestino, se projeta através de um ponto fraco nos músculos abdominais. A protuberância resultante pode ser dolorosa, especialmente quando você tosse, se inclina ou levanta um objeto pesado. No entanto, muitas hérnias não causam dor.


Uma hérnia inguinal não é necessariamente perigosa. Não melhora por conta própria, no entanto, e pode levar a complicações com risco de vida. Recomenda-se a cirurgia para corrigir uma hérnia inguinal que é dolorosa ou ampliada. A correção de hérnia inguinal é um procedimento cirúrgico comum.


Sintomas


Os sinais e sintomas de hérnia inguinal incluem:

  • Uma protuberância na virilha, que se torna mais óbvia quando você está na posição vertical, especialmente se você tossir ou se esforçar

  • Uma sensação de queimação ou dor na protuberância

  • Dor ou desconforto na virilha, especialmente ao se curvar, tossir ou levantar peso

  • Uma sensação pesada ou arrastada na virilha

  • Fraqueza ou pressão na virilha

  • Ocasionalmente, dor e inchaço ao redor dos testículos quando o conteúdo desce para o escroto


Hérnia Inguinal
Hérnia Inguinal

Como Surge?


Algumas hérnias inguinais não têm causa aparente. Outros podem ocorrer como resultado de:

  • Aumento da pressão dentro do abdômen

  • Um ponto fraco preexistente na parede abdominal

  • Esforço durante movimentos intestinais ou micção

  • Atividade extenuante

  • Gravidez

  • Tosse ou espirros crônicos

Em muitas pessoas, a fraqueza da parede abdominal que leva a uma hérnia inguinal ocorre antes do nascimento. Outras hérnias inguinais se desenvolvem mais tarde na vida, quando os músculos enfraquecem ou se deterioram devido ao envelhecimento, atividade física extenuante ou tosse que acompanha o tabagismo.


Fraquezas também podem ocorrer na parede abdominal mais tarde na vida, especialmente após uma lesão ou cirurgia abdominal.

Nos homens, o ponto fraco geralmente ocorre no canal inguinal, onde o cordão espermático entra no escroto. Nas mulheres, o canal inguinal carrega um ligamento que ajuda a manter o útero no lugar.


Quais são os fatores de risco?


Fatores que contribuem para o desenvolvimento de uma hérnia inguinal incluem:

  • Sexo Masculino: Os homens são oito vezes mais propensos a desenvolver uma hérnia inguinal do que as mulheres.

  • Ser mais velho: Os músculos enfraquecem com a idade.

  • História de família: Você tem um parente próximo, como um pai ou irmão, que tem a condição.

  • Tosse crônica: como de fumar.

  • Constipação crônica: A constipação causa esforço durante os movimentos intestinais.

  • Gravidez: Estar grávida pode enfraquecer os músculos abdominais e causar aumento da pressão dentro do abdômen.

  • Nascimento prematuro e baixo peso ao nascer: As hérnias inguinais são mais comuns em bebês que nascem prematuramente ou com baixo peso ao nascer.

  • Hérnia inguinal prévia ou correção de hérnia: Mesmo que sua hérnia anterior tenha ocorrido na infância, você corre maior risco de desenvolver outra hérnia inguinal.


Quais são as complicações da Hérnia Inguinal?


As complicações de uma hérnia inguinal incluem:

  • Pressão nos tecidos por volta da hérnia: A maioria das hérnias inguinais aumenta com o tempo se não for reparada cirurgicamente. Nos homens, grandes hérnias podem se estender até o escroto, causando dor e inchaço.

  • Hérnia encarcerada: Se o conteúdo da hérnia ficar preso no ponto fraco da parede abdominal, o conteúdo pode obstruir o intestino, causando dor intensa, náusea, vômito e incapacidade de evacuar ou eliminar gases.

  • Estrangulamento: Uma hérnia encarcerada pode cortar o fluxo sanguíneo para parte do intestino. O estrangulamento pode levar à morte do tecido intestinal afetado. Uma hérnia estrangulada é fatal e requer cirurgia imediata.


Hérnia Inguinal
Hérnia Inguinal

Pode Prevenir Hérnia inguinal?

Você não pode evitar o defeito congênito que o torna suscetível a uma hérnia inguinal. Você pode, no entanto, reduzir a tensão nos músculos e tecidos abdominais. Por exemplo:

  • Manter um peso saudável: Converse com seu médico e nutricionista sobre o melhor plano de exercícios e dieta para você.

  • Enfatize alimentos ricos em fibras: Frutas, vegetais e grãos integrais contêm fibras que podem ajudar a prevenir a constipação e o esforço.

  • Levante objetos pesados ​​com cuidado ou evite levantar pesos: Se você precisar levantar algo pesado, sempre dobre os joelhos – não a cintura.

  • Pare de fumar: Além de seu papel em muitas doenças graves, fumar muitas vezes causa uma tosse crônica que pode levar ou agravar uma hérnia inguinal.


Quando Procurar Atendimento Imediato?


Procure atendimento imediato se uma protuberância de hérnia ficar vermelha, roxa ou escura ou se você notar quaisquer outros sinais ou sintomas de uma hérnia estrangulada.


Conclusão


Consulte o seu médico se você tiver uma protuberância dolorosa ou perceptível na virilha. É provável que a protuberância seja mais perceptível quando você está em pé, e geralmente você pode senti-la se colocar a mão diretamente sobre a área afetada.

O tratamento da hérnia inguinal é cirúrgico que pode ser realizada por via aberta, videolaparoscópica ou robótica.



Hérnia Inguinal
Hérnia Inguinal


363 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page